FC2ブログ
コメントは受け付けていません。

comment for A Estudante - Parte 3 『女生徒』第3章






カワイイ虫をクリックすると投稿できます。
↑Clique no bichinho para postar seu comentario
トラックバックは受け付けていません。 トラックバックは受け付けていません。

スポンサーサイト

上記の広告は1ヶ月以上更新のないブログに表示されています。
新しい記事を書く事で広告が消せます。
category : スポンサー広告  comment : × track back : ×

A Estudante - Parte 3 『女生徒』第3章

Essa é a 3a parte da obra "A Estudante" do escritor japonês Osamu Dazai.
As partes anteriores podem ser lidos no "Recentes Artigos" da coluna esquerda desse Blog.

太宰治の作品『女生徒』ポルトガル語訳の第3章です。以前の章は、当ブログの左にある「最近の記事」から読むことができます。


hontou_no_ai.jpg
第3章 3a Parte



女性雑誌「それいゆ」 Revista feminina Soleil
soleiyu.jpeg




Para falar a verdade, eu nem sei qual “eu” que é eu de verdade.
Quando eu acabar de ler todos livros disponíveis que me deu as orientações até então e depois não encontrar mais livros o que eu devo fazer? Acho que ficarei perdida. Quando isso acontecer, devo ficar meio deprimida e assoando o nariz o tempo todo, sem necessidade. Pois, sou uma garota que fica pensando essas coisas boba todo dia no trem. Mas não posso continuar assim. Sinto que meu corpo está estranhamente quente e sinto mal por isso. Eu devo fazer alguma coisa, tenho que busacar uma solução, mas eu não sei como fazer para me encontrar. As autocríticas que fiz até agora, são todo sem significado, pois, toda vez que eu fazia autocrítica e percebo meu ponto negativo, fico com pena de mim mesmo, me acho coitadinha (por ter defeitos), me consolo e no final concluo: “Não adianta salvar os galhos e folhas se isso resulta em matar a árvore”. Realmente eu não tenho jeito.
Nessa revista que estou lendo também, há uma reportagem entitulada “Defeitos de Mulheres Jovens” e vários especialistas do assunto estão comentando. Todos comentários parece que está falando de mim (dos meus defeitos) e fico envergonhada. Aqui (na revist) diz que uma pessoa tola sempre fala e faz coisas tolas e uma pessoa que é elegante na foto, até mesmo suas palavras são elegantes. Os religiosos logo falam de fé ao Deus, os educadores falam do começo ao fim sobre gratidão, os políticos logo usam poemas chinesas e os escritores são vaidosos e usam palavras bem polidas. São realmente assim mesmo! Eu fui lendo e fiquei dando risada baixinha. Mas, concluindo, todos cometaristas estão dizendo coisas boas e úteis.

1940年代の女性雑誌 Revista feminina dos anos 1940
 (むかしの装いより引用)
revistas_fem.jpg



“Falta de individualidade e falta de profundidade no caráter. Esperança corrta e ambição correta. Ficar longe dessas coisas, isto é, não ter ideal. Critica outros mas não faz nada, não toma iniciativa para aplicar conselhos na sua vida. Não faz reflexão, não tem autoconciência, falta de amor próprio e respeito a si. Se é capaz de assumir toda responsabilidade ao tomar uma atitude com coragem. É capaz de se adaptar bem ao estilo de vida ao seu redor, mas não tem amor com a sua própria vida nem pelas pessoas que vivem ao seu redor. Não possui a verdadeia modéstia, falta criatividade, só copia. Falta o sentimento original de amor, tenta ser elegante, mas peca na elegância, etc, etc.” Há coisas que me acertou em cheio, não posso negar.
Mas a minha opinião é que todas essas palavras escritas nessa revista foram escritas com muito otimismo, sem muito sentimento, escrito só para preencher as páginas. Esses comentaristas usam muito o adjetivo “o verdadeiro significado de ...” e “originalmente”, entretanto, faltam em detalhar o que seria o “verdadeiro amor”, a “verdadeira consciencia”. Pode ser que eles sabem o que são essas coisas, mas se sabem por que não nos indicam a direção correta a seguir, em simples palavras, baseado na experiência deles?
Pois tenho certeza que isso ajudaria muito os leitores, pois, nós jovens não aprendemos e não sabemos ainda como expressar o sentimento de amor. Portanto, em vez de ficar falando “não se deve fazer isso” ou “não se age assim”, fale simplesmente “faça isso” ou “age assim” com convicção que nós seguiríamos essas orientações. Será que eles não tem convicção nas suas palavras? Pode ser que esses comentaristas nem sempre e nem em todas as ocasiões expressam essas opiniões. Bem, eu estou criticando eles que “não possuem esperança correta nem ambição correta”, mas se nós seguíssemos as orientações e agíssemos para buscar o ideal correto, será que eles nós darão assistencias o e conduzirão?
Nós sabemos, ainda que meio vagamente, onde queremos chegar, lugares maravilhosas que queremos ir. Desejamos ter uma vida melhor, possuímos esperança e ambição correta. Ao mesmo tempo, desejamos ansiosamente, ter uma fé inabalável onde podemos-no apoiar. Mas se uma garota tentar realizar todas essas coisas na sua vida, com certeza precisará de enorme esforço. Para complicar a essa realização, não pode ignorar as opiniões dos pais e dos irmãos. (Bem, eu sempre estou dizendo que eles são antiquados e cabeças duras, mas nunca deixei de respeitar os veteranos de vida, idosos e casados, aliás, sempre valorizo opinião deles)
Há também parentes que tem relação muito próxima com a minha família. Há conhecidos, há também amigos. E há também a influência da sociedade, uma força que não posso ignorar, que atinge diretamente ou indiretamente a gente. Quando se considera todas essas forças e influências, não posso ficar só pensando ingênuamente em desenvolver a minha individualidade. Bom, considerando essa realidade, talvez seja mais inteligente seguir caminho da vida comum que a maioria seguem, sem alardes e ter também uma vida comum. Eu acho um absurdo e até cruel, aplicar a edução seletiva para poucos, para público em geral. Comecei a perceber também, conforme fui me crescendo, que há uma grande diferença entre moral que se aprende nas aulas de Educação Moral na escola e aquele que é aplicado na sociedade.
Se você seguir fielmente a educação moral que se aprendeu na escola, quando se sai na sociedade será considerado um tolo, as vezes como um esquisito. Não conseguirá se suceder na vida e sempre será pobre. Será que existe pessoa que nunca mentiu? Se existir, essa pessoa será eterna derrotada, perdedora.
Eu tenho um parente que vive exatamente assim, correto, tem fé absoluto sobre moral, sempre vivendo em busca de ideal. Entretanto, todos meus parentes falam mal dessa pessoa e tratam como uma tola. Se fosse eu, jamais conseguiria viver contrariando minha mãe e meus parentes, só para insistir na minha opinião, sabendo que serei desprezada e derrotada. Tenho medo de ficar assim. Quando eu era criança, as vezes a minha opinião era diferente das outras, aí eu perguntava porque era diferente para a mãe. Mas quando eu perguntava isso, a minha mãe respondia curto, “Você parece menina má!” e depois ficava brava comigo. Parecia que ela ficava triste quando eu tinha opinião diferente da maioria das pessoas.
Já fiz esses tipos de perguntas para o pai também. Na hora ele não me disse nada e só ficou sorrindo. Mas fiquei sabendo que depois ele disse a mãe que eu sou uma menina de pensamento um pouco diferente. Conforme fui me crescendo, fui ficando cada vez mais receosa que até mesmo para confeccionar uma roupa. Eu tenho meus gostos até mesmo nas vestimentas e quero vestir roupa de meu gosto, mas quando eu penso nas reações (negativas) das pessoas quando eu visto roupa do meu gosto, não consigo nem mandar confeccionar ou comprar uma roupa assim. Sempre penso em me tornar uma garota que todos acham que sou uma boa garota. Fico só imaginado eu agindo (vergonhosamente) subserviente no meio de muitas pessoas. Aí, eu estarei falando coisas que nem tenho vontade de dizer na verdade, falando coisas que agradam as pessoas, as vezes até mentindo, pois sei que isso com certeza me traz vantagens. Obviamente, eu terei ódio de mim, mas desejo ardentemente a mudança de meus conceitos de moral quanto mais cedo, pois se mudar, não sentirei subservicente nem terei que viver só agradando outras pessoas.
“Olha, tem vaga no banco!” Rapidamente tiro materiais da escola e guarda-chuva da prateleira de cima da janela e me sento. Na minha direta tem um estudante da escola média (中学) e na esquerda tem uma mulher com bebê coberto de nen-neko hanten (ねんねこ半纏 casaco curto usado para proteger o bebê nas costas )na costa. A mulher já é meia velha mas está com maqueagem grossa e com corte de cabelo que está na moda! Bom, ela tem um rosto até que bonita, mas tem rugas escuras na garganta que estraga tudo. Ela é tão desprezível que tenho até vontade de bater!
É estranho, pois você tem pensamento diferente quando está em pé e quando está sentada. Quando fico sentada, parece que sinto desamparada e só fico pensando nas coisas letárgicas. No banco da frente estão sentados quatro ou cinco homens que parecem assalariados, de mesma faixa etária, também letárgicos. Eles devem ter uns 30 anos. Eu detesto todos esses caras, eles têm olhos meio mortos e não vejo nenhum ânimo. Mas, se eu sorrisse para um desses caras, só por causa disso pode ser que o meu destino mude e seja arrastado para uma vida trágica de terminar casando com esse cara. Pois é, para mudar o seu destino, a mulher só basta dar um sorriso. Que horror, é arrepiante! Tenho que tomar muito cuidado.

soleiyu1.jpg


  ほんとうに私は、どれが本当の自分だかわからない。読む本がなくなって、真似するお手本がなんにも見つからなくなった時には、私は、いったいどうするだろう。手も足も出ない、萎縮いしゅくの態で、むやみに鼻をかんでばかりいるかも知れない。何しろ電車の中で、毎日こんなにふらふら考えているばかりでは、だめだ。からだに、厭な温かさが残って、やりきれない。何かしなければ、どうにかしなければと思うのだが、どうしたら、自分をはっきり掴つかめるのか。これまでの私の自己批判なんて、まるで意味ないものだったと思う。批判をしてみて、厭な、弱いところに気附くと、すぐそれに甘くおぼれて、いたわって、角つのをためて牛を殺すのはよくない、などと結論するのだから、批判も何もあったものでない。何も考えない方が、むしろ良心的だ。
 この雑誌にも、「若い女の欠点」という見出しで、いろんな人が書いて在る。読んでいるうちに、自分のことを言われたような気がして恥ずかしい気にもな る。それに書く人、人によって、ふだんばかだと思っている人は、そのとおりに、ばかの感じがするようなことを言っているし、写真で見て、おしゃれの感じの する人は、おしゃれの言葉遣いをしているので、可笑おかしくて、ときどきくすくす笑いながら読んで行く。宗教家は、すぐに信仰を持ち出すし、教育家は、始めから終りまで恩、恩、と書いてある。政治家は、漢詩を持ち出す。作家は、気取って、おしゃれな言葉を使っている。しょっている。

昔の都電 Bonde antigo do Japão
bonde_jap.jpg


 でも、みんな、なかなか確実なことばかり書いてある。個性の無いこと。深味の無いこと。正しい希望、正しい野心、そんなものから遠く離れている事。つまり、理想の無いこと。批判はあっても、自分の生活に直接むすびつける積極性の無いこと。無反省。本当の自覚、自愛、自重がない。勇気のある行動をしても、 そのあらゆる結果について、責任が持てるかどうか。自分の周囲の生活様式には順応し、これを処理することに巧みであるが、自分、ならびに自分の周囲の生活に、正しい強い愛情を持っていない。本当の意味の謙遜がない。独創性にとぼしい。模倣だけだ。人間本来の「愛」の感覚が欠如してしまっている。お上品ぶっ ていながら、気品がない。そのほか、たくさんのことが書かれている。本当に、読んでいて、はっとすることが多い。決して否定できない。
 けれどもここに書かれてある言葉全部が、なんだか、楽観的な、この人たちの普段の気持とは離れて、ただ書いてみたというような感じがする。「本当の意味 の」とか、「本来の」とかいう形容詞がたくさんあるけれど、「本当の」愛、「本当の」自覚、とは、どんなものか、はっきり手にとるようには書かれていな い。この人たちには、わかっているのかも知れない。それならば、もっと具体的に、ただ一言、右へ行け、左へ行け、と、ただ一言、権威をもって指で示してく れたほうが、どんなに有難ありがたいかわからない。私たち、愛の表現の方針を見失ってい るのだから、あれもいけない、これもいけない、と言わずに、こうしろ、ああしろ、と強い力で言いつけてくれたら、私たち、みんな、そのとおりにする。誰も 自信が無いのかしら。ここに意見を発表している人たちも、いつでも、どんな場合にでも、こんな意見を持っている、というわけでは無いのかもしれない。正し い希望、正しい野心を持っていない、と叱って居られるけれども、そんなら私たち、正しい理想を追って行動した場合、この人たちはどこまでも私たちを見守 り、導いていってくれるだろうか。
 私たちには、自身の行くべき最善の場所、行きたく思う美しい場所、自身を伸ばして行くべき場所、おぼろげながら判っている。よい生活を持ちたいと思って いる。それこそ正しい希望、野心を持っている。頼れるだけの動かない信念をも持ちたいと、あせっている。しかし、これら全部、娘なら娘としての生活の上に 具現しようとかかったら、どんなに努力が必要なことだろう。お母さん、お父さん、姉、兄たちの考えかたもある。(口だけでは、やれ古いのなんのって言うけ れども、決して人生の先輩、老人、既婚の人たちを軽蔑なんかしていない。それどころか、いつでも二目にもくも三目さんもくも 置いているはずだ)始終生活と関係のある親類というものも、ある。知人もある。友達もある。それから、いつも大きな力で私たちを押し流す「世の中」という ものもあるのだ。これらすべての事を思ったり見たり考えたりすると、自分の個性を伸ばすどころの騒ぎではない。まあ、まあ目立たずに、普通の多くの人たち の通る路をだまって進んで行くのが、一ばん利巧なのでしょうくらいに思わずにはいられない。少数者への教育を、全般へ施ほどこすなんて、ずいぶんむごいことだとも思われる。学校の修身と、世の中の掟おきてと、 すごく違っているのが、だんだん大きくなるにつれてわかって来た。
学校の修身を絶対に守っていると、その人はばかを見る。変人と言われる。出世しないで、 いつも貧乏だ。嘘をつかない人なんて、あるかしら。あったら、その人は、永遠に敗北者だ。私の肉親関係のうちにも、ひとり、行い正しく、固い信念を持っ て、理想を追及してそれこそ本当の意味で生きているひとがあるのだけれど、親類のひとみんな、そのひとを悪く言っている。馬鹿あつかいしている。私なん か、そんな馬鹿あつかいされて敗北するのがわかっていながら、お母さんや皆に反対してまで自分の考えかたを伸ばすことは、できない。おっかないのだ。小さ い時分には、私も、自分の気持とひとの気持と全く違ってしまったときには、お母さんに、
「なぜ?」と聴きいたものだ。そのときには、お母さんは、何か一言ひとことで 片づけて、そうして怒ったものだ。悪い、不良みたいだ、と言って、お母さんは悲しがっていたようだった。


お父さんに言ったこともある。お父さんは、そのと きただ黙って笑っていた。そしてあとでお母さんに「中心はずれの子だ」とおっしゃっていたそうだ。だんだん大きくなるにつれて、私は、おっかなびっくりに なってしまった。洋服いちまい作るのにも、人々の思惑を考えるようになってしまった。自分の個性みたいなものを、本当は、こっそり愛しているのだけれど も、愛して行きたいとは思うのだけど、それをはっきり自分のものとして体現するのは、おっかないのだ。人々が、よいと思う娘になろうといつも思う。たくさ んの人たちが集まったとき、どんなに自分は卑屈になることだろう。口に出したくも無いことを、気持と全然はなれたことを、嘘ついてペチャペチャやってい る。そのほうが得とくだ、得だと思うからなのだ。いやなことだと思う。早く道徳が一変するときが来ればよいと思う。そうすると、こんな卑屈さも、また自分のためでなく、人の思惑のために毎日をポタポタ生活することも無くなるだろう。

 おや、あそこ、席が空いた。いそいで網棚から、お道具と傘をおろし、すばやく割りこむ。右隣は中学生、左隣は、子供背負ってねんねこ着ているおばさん。おばさんは、年よりのくせに厚化粧をして、髪を流行まきにしている。顔は綺麗なのだけれど、のどの所に皺しわが黒く寄っていて、あさましく、ぶってやりたいほど厭だった。人間は、立っているときと、坐っているときと、まるっきり考えることが違って来る。坐っていると、なんだか頼りない、無気力なことばかり考える。私と向かい合っている席には、四、五人、同じ年齢とし恰好のサラリイマンが、ぼんやり坐っている。三十ぐらいであろうか。みんな、いやだ。眼が、どろんと濁っている。覇気はきが 無い。けれども、私がいま、このうちの誰かひとりに、にっこり笑って見せると、たったそれだけで私は、ずるずる引きずられて、その人と結婚しなければなら ぬ破目におちるかも知れないのだ。女は、自分の運命を決するのに、微笑一つでたくさんなのだ。おそろしい。不思議なくらいだ。気をつけよう。






続く Continua...


Todos Direitos Reservado
本作品の翻訳権は翻訳者にあります。
スポンサーサイト
category : 日本の文学  comment : 0  track back : ×
上記広告は1ヶ月以上更新のないブログに表示されています。新しい記事を書くことで広告を消せます。